Chuva deixa RMBH e Zona da Mata com risco geo-hidrológico muito alto

As chuvas que assolam Minas Gerais podem trazer ainda mais trantornos ao longo das próximas 24 horas. Isso porque o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden) classificou, nesta segunda-feira (10), que as cidades da região Metropolitana de Belo Horizonte e Zona da Mata têm risco muito alto de serem alvo de eventos hidrológicos.

Além delas, segundo o órgão, que é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, há risco muito alto de eventos no Vale do Rio Doce.

Segundo o órgão, não se descarta a possibilidade de ocorrência de enxurradas em áreas urbanas, principalmente as que têm rios urbanos parcialmente canalizados, além de alagamentos em áreas rebaixadas com drenagem insuficiente.

Uma das situações mais críticas está no Centro-Oeste de Minas Gerais, onde a cidade de Pará de Minas emitiu “alerta máximo” para que famílias que moram abaixo da Usina do Carioca. Há o temor do transbordamento da usina atinja tanto no município quanto Pitangui, Onça de Pitangui, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará. O pedido é que os habitantes saiam “imediatamente de suas casas” devido “alto risco de rompimento da barragem”.
Até a manhã desta segunda-feira, o Estado tinha 138 municípios em situação de emergência devido os temporais. Até o momento, segundo dados da Defesa Civil Estadual, ao menos 13.723 pessoas estão desalojadas.

Fonte:OTempo
Próximo Post / Notícia

Mais Recentes

Bem vindo de volta!

Faça login em sua conta abaixo

Recuperar sua senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.